Visitem tambem estes meus blogs..e agora uma nova novidade...o meu novo site...obrigado pela visita!

Sexta-feira, 20 de Abril de 2007
amor virtual

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A paixão virtual é um estado alterado de consciência, em que a pessoa concentra suas energias numa fantasia. Apaixona-se pelo sentimento, pela felicidade, pelo sonho, muito mais do que pela pessoa real. Na paixão não se vê os defeitos ou os problemas referentes ao ser amado, vê-se apenas o estado de graça, o prazer. Principalmente nesses casos de paixão virtual, as pessoas apaixonam-se mais por si mesmas, pela sua capacidade de seduzir e se envolver, do que pelo outro. Não estando em contato directo com o amado/a, a paixão que acontece é apenas um reflexo : "eu apaixono-me por estar apaixonado/a", "eu

apaixono-me por uma sensação" uma oposição a "eu me apaixono por uma pessoa".

A sensação principal que leva a esse sentimento de paixão virtual é o desejo da aceitação. Ama-se aqueles que nos aceitam e nos tratam bem. Ama-se a sensação de ser bem tratado. Não importa a idade, a aparência física, os defeitos ou dificuldades que o outro tenha na vida cotidiana: só o que importa são os momentos de prazer quando se está em contacto, seja através de mensagens ou de chat. E essas paixões, por existirem apenas no mundo da fantasia, se tornam às vezes ainda mais fortes que nas relações reais, uma vez que só se vê no outro e só se mostra o que se quer.

Virtualmente, não existem pessoas feias. Basta ser simpático, que nossa imaginação já transforma o outro em bonito, agradável, sensual. A sensualidade está nas palavras, não nas atitudes reais. Todas as mulheres são bonitas e todos os homens são carinhosos e sensuais, porque isto é o que buscamos no outro. É por essa imagem que acontece a paixão. Apaixona-se pelo que o outro " aparenta ser", não pelo que é. E, através da comunicação virtual, é muito mais fácil preservar o ego, mostrar apenas o que se decide mostrar. Apenas o convívio desmascara. E aí, quando as máscaras caem, é que se conhece a verdadeira pessoa e podem acontecer as desilusões. A diferença fundamental com os encontros reais é que é possível manter a imagem por mais tempo. Por outro lado, os encontros virtuais são muitas vezes tão intensos, podem ser tão ricos, que depois de alguns dias de contato entra-se geralmente numa intimidade que a maioria das pessoas não se permite nos contatos pessoais.

O facto de as pessoas não se exporem visualmente facilita ainda mais a abertura das emoções. Ao contrário dos encontros pessoais, em que a espontaneidade conta muito, nas mensagens via Internet a pessoa pode repensar suas palavras, usar citações de poesias ou elaborar o texto para surtir maior efeito. A máscara, inevitavelmente, se forma. Mas, ao contrario da vida real, em que a aparência física é o principal chamariz e só depois se vai ver o que há por dentro, nas relações virtuais primeiro se tem contato com o intelectual, depois com o emocional e afetivo... e só depois, às vezes, com o físico.

Nas relações virtuais as pessoas buscam e encontram companhia, cumplicidade, carinho, não importa muito o sexo ou condição econômica do interlocutor. Os limites físicos (corporais e de distância) não existem.

É o local onde "almas gêmeas" se encontram, onde se abrem as emoções, onde se encontra sempre carinho e aceitação.

Nunca foi tão fácil se aproximar das pessoas. As "amizades" surgem de um dia para o outro, basta se estar aberto a elas.

Nem tudo são flores, no entanto.

Algumas pessoas se aproveitam do anonimato para criar um personagem, ou seja, mostrar-se diferente do que é. Esse diferente nem sempre quer dizer uma mentira: muitas vezes a pessoa se mostra como gostaria de ser, mostra um lado seu reprimido. O tímido se transforma em eloqüente, o feio em galã, o velho em jovem, o gordo em elegante. Embalada pela fantasia, a pessoa vende uma imagem ideal, a qual, enquanto está travestido, chega a acreditar ser.

Esse, acaba se tornar o principal motivo das decepções no momento do encontro pessoal: cria-se uma expectativa de que o outro seja aquilo que mostra, e essa imagem nem sempre corresponde à realidade.

Essa imagem ideal também pode ruir antes do contato pessoal, por causa de uma critica, ou de pequenos problemas de relacionamento on-line. O problema maior, em geral, não está na pessoa que transmite sua imagem, mas na que gera falsas expectativas.

Aqui fica o meu ponto de vista,em relação ao amor virtual!

Como prometido é devido.

sonho

VAMOS TODOS DAR OS PARABÉNS A NOSSA AMIGUINHA CINTA!

http://luz_cintilante.blogs.sapo.pt/

 

ESPERO QUE SEJA DO VOSSO AGRADO A NOVA MUSICA DO TONY CARREIRA!

EU ATÉ QUE GOSTEI..



publicado por SONHADOR sonhador às 00:00
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

Quinta-feira, 26 de Outubro de 2006
amor virtual
001.gif
 

A paixão virtual é um estado alterado de consciência, em que a pessoa concentra suas energias numa fantasia. Apaixona-se pelo sentimento, pela felicidade, pelo sonho, muito mais do que pela pessoa real. Na paixão não se vê os defeitos ou os problemas referentes ao ser amado, vê-se apenas o estado de graça, o prazer. Principalmente nesses casos de paixão virtual, as pessoas apaixonam-se mais por si mesmas, pela sua capacidade de seduzir e se envolver, do que pelo outro. Não estando em contato direto com o amado, a paixão que acontece é apenas um reflexo : "eu me apaixono por estar apaixonado", "eu me apaixono por uma sensação" em oposição a "eu me apaixono por uma pessoa".

A sensação principal que leva a esse sentimento de paixão virtual é o desejo da aceitação. Ama-se aqueles que nos aceitam e nos tratam bem. Ama-se a sensação de ser bem tratado. Não importa a idade, a aparência física, os defeitos ou dificuldades que o outro tenha na vida cotidiana: só o que importa são os momentos de prazer quando se está em contato, seja através de mensagens ou de chat. E essas paixões, por existirem apenas no mundo da fantasia, se tornam às vezes ainda mais fortes que nas relações reais, uma vez que só se vê no outro e só se mostra o que se quer.

Virtualmente, não existem pessoas feias. Basta ser simpático, que nossa imaginação já transforma o outro em bonito, agradável, sensual. A sensualidade está nas palavras, não nas atitudes reais. Todas as mulheres são bonitas e todos os homens são carinhosos e sensuais, porque isto é o que buscamos no outro. É por essa imagem que acontece a paixão. Apaixona-se pelo que o outro " aparenta ser", não pelo que é. E, através da comunicação virtual, é muito mais fácil preservar o ego, mostrar apenas o que se decide mostrar. Apenas o convívio desmascara. E aí, quando as máscaras caem, é que se conhece a verdadeira pessoa e podem acontecer as desilusões. A diferença fundamental com os encontros reais é que é possível manter a imagem por mais tempo. Por outro lado, os encontros virtuais são muitas vezes tão intensos, podem ser tão ricos, que depois de alguns dias de contato entra-se geralmente numa intimidade que a maioria das pessoas não se permite nos contatos pessoais.

O fato de as pessoas não se exporem visualmente facilita ainda mais a abertura das emoções. Ao contrário dos encontros pessoais, em que a espontaneidade conta muito, nas mensagens via Internet a pessoa pode repensar suas palavras, usar citações de poesias ou elaborar o texto para surtir maior efeito. A máscara, inevitavelmente, se forma. Mas, ao contrario da vida real, em que a aparência física é o principal chamariz e só depois se vai ver o que há por dentro, nas relações virtuais primeiro se tem contato com o intelectual, depois com o emocional e afetivo... e só depois, às vezes, com o físico.

Nas relações virtuais as pessoas buscam e encontram companhia, cumplicidade, carinho, não importa muito o sexo ou condição econômica do interlocutor. Os limites físicos (corporais e de distância) não existem.

É o local onde "almas gêmeas" se encontram, onde se abrem as emoções, onde se encontra sempre carinho e aceitação.

Nunca foi tão fácil se aproximar das pessoas. As "amizades" surgem de um dia para o outro, basta se estar aberto a elas.

Nem tudo são flores, no entanto.

Algumas pessoas se aproveitam do anonimato para criar um personagem, ou seja, mostrar-se diferente do que é. Esse diferente nem sempre quer dizer uma mentira: muitas vezes a pessoa se mostra como gostaria de ser, mostra um lado seu reprimido. O tímido se transforma em eloqüente, o feio em galã, o velho em jovem, o gordo em elegante. Embalada pela fantasia, a pessoa vende uma imagem ideal, a qual, enquanto está travestido, chega a acreditar ser.

Esse, acaba se tornando o principal motivo das decepções no momento do encontro pessoal: cria-se uma expectativa de que o outro seja aquilo que mostra, e essa imagem nem sempre corresponde à realidade.

Essa imagem ideal também pode ruir antes do contato pessoal, por causa de uma fofoca, ou de pequenos problemas de relacionamento on-line. O problema maior, em geral, não está na pessoa que transmite sua imagem, mas na que gera falsas expectativas.

 


sinto-me: possivel
música: joão marcelo

publicado por SONHADOR sonhador às 07:59
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

cidade aonde eu vivo/
Get Your Own! | View Slideshow
Várias vezes tenho afirmado - e convicto e comprovadamente o faço - que a minha cidade tem por hábito trilhar percursos inovadores. Daí que, o concelho a cuja Câmara Municipal seja cada vez mais atractivo para viver, para trabalhar e para estudar. Acessibilidades invejáveis, habitações de indiscutível qualidade, zonas industriais de topo, espaços verdes que se multiplicam e excelente parque escolar a nível do Ensino Básico são alguns dos motivos que tornam a cidade apetecível e cada vez mais procurada. Também não esquecemos os novos caminhos da informação. A melhoria introduzida no blog deve ser entendida como mais uma forma de apoio aos que habitam na cidade, e como um auxílio aos muitos que nos VISITEM..
mais sobre mim
mais comentados
6 comentários
1 comentário
Janeiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

amor virtual

amor virtual

links
arquivos

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Março 2006

tags

"sintomas da tua ausência "

13 maio

2000 visitas! o blogue volta a estar em

800 202 148.

a amizade

a certeza que o amor tem

a dor

a dor da saudade

A esperança

agora encontrei

amar

amor

amor virtual

anjo

eu amo-te

eu só queria

mais do que palavras

meu amor

quero cometer loucuras

saudade

todas as tags

subscrever feeds